2 de Março de 2018 ThoraTorresani

8 erros comuns na decoração: como evitar?

Antes de você entrar no seu novo imóvel, já começa a planejar como será a decoração: tipos de móveis, estilo que dará ao ambiente, cores, objetos, iluminação, disposição… Tudo isso é importante.

Mas mesmo com boa intenção e muitas ideias, podem acontecer alguns erros simplesmente por falta de experiência com o assunto. Como regra geral, lembre-se que o planejamento é fundamental: faça desenhos, tire fotos, teste as combinações e posições antes de comprar móveis e objetos.

Hoje listamos 8 erros comuns na decoração para te ajudar a evitá-los e enxergar o seu ambiente vazio com outros olhos.

1 – Iluminação

A iluminação adequada é capaz de uma transformação incrível até num ambiente com mínima decoração. Para que o espaço seja acolhedor e aconchegante é preciso utilizar luz indireta e focada para cima ou para baixo, conforme a altura que a luminária for colocada.

Utilizar uma luz fluorescente direta na sala ou no quarto pode ser útil para quando precisar iluminar para limpeza, por exemplo, mas o ideal é que tenha a opção de manter essas lâmpadas apagadas e acender as luzes indiretas nas demais ocasiões.

Preocupe-se também em escolher luminárias que harmonizem entre si e com o ambiente de modo geral (objetos, cores, tamanhos e formatos). Da mesma forma, opte por não misturar temperaturas de lâmpadas ao mesmo tempo: ou branca ou amarela.

2 – Altura das cortinas

Cortinas na posição perfeita não chamam a atenção justamente porque não causam desconforto, mas sim, dão acabamento ao ambiente. Você sentirá que tem algo errado quando as cortinas estiverem muito curtas ou compridas demais.

Portanto, se for possível, componha o ambiente com uma cortina que vá do teto ao chão, sem arrastar, apenas dando a ilusão de que toca o chão. Mesmo que a janela não seja muito alta, colocar a cortina até em cima dá um ótimo acabamento.

Mas se não for possível ou não harmonizar com o ambiente, pendure cerca de 30 centímetros acima da janela. Para as laterais escolha deixar uns 20 centímetros a mais de cada lado, considerando a largura da janela.

3 – Extensão dos tapetes

O ambiente ficará visualmente incômodo se os tapetes forem desproporcionais ao tamanho e ao espaço ocupado pelos móveis, sejam muito pequenos ou grandes demais.

A melhor opção, para a sala por exemplo, é escolher um tapete que ocupe todo o espaço onde estão os assentos, inclusive sobrando alguns centímetros além do comprimento do sofá ou que seja do mesmo tamanho.

4 – Altura e tamanho dos quadros

Quadros são ótimos objetos decorativos para complementar os ambientes, mas precisa ter o cuidado de não escolher de maneira desproporcional, nem pendurá-los muito no alto ou muito embaixo.

O quadro deve fica mais ou menos na altura dos olhos de um adulto com cerca de 1,60 a 1,75cm. Para saber se a proporção é adequada procure guiar-se pelo tamanho das janelas e portas, e colocá-los centralizados nas áreas disponíveis. É recomendável fazer um teste antes de furar a parede.

5 – Escolha de cores

As cores, tanto das paredes quanto dos objetos, devem conversar entre si e transmitir a personalidade que você quer dar ao ambiente. Na dúvida, opte por cores mais neutras para que seja mais fácil harmonizar com objetos mais vibrantes.

Por exemplo, mantenha as paredes em branco, gelo, bege e suas variações caso ainda não tenha certeza da atmosfera que deseja criar. Se quiser utilizar uma cor mais chamativa, pinte apenas uma parede, onde poderá utilizar outros detalhes decorativos para complementar, sem deixar todo o ambiente carregado de informação.

Da mesma forma, tenha cuidado com as cores dos móveis. É preferível o preto, branco ou cinza para poder escolher as mantas, almofadas, tapetes e outros objetos com mais facilidade.

6 – Tamanho dos móveis

Não compre os móveis sem medir o espaço dos cômodos ou poderá deixar o ambiente apertado e desconfortável. É importante manter espaços para circulação, sem bloquear passagens ou precisar se movimentar de lado.

Os móveis grandes ficam proporcionais em ambientes grandes, assim como os móveis menores ocupam perfeitamente ambientes com menos espaço. Na hora de escolher os móveis, além destas considerações, lembre-se também dos demais objetos que pretende colocar no ambiente para que tenha espaço suficiente para tudo.

7 – Excesso de objetos

Ambientes mais limpos, com menos quantidade de objetos, promovem uma atmosfera mais leve e traz conforto. Escolha peças que complementem os espaços disponíveis e que combinem entre si. Se gostar de objetos grandes, dê destaque a eles sem colocar outros objetos menores à volta.

Se já tiver muitos móveis no ambiente, não será necessário colocar vários quadros, espelhos, vasos ou plantas. Quando exagera na quantidade, mesmo tendo uma casa super arrumada e com tudo no lugar, sempre haverá uma sensação de desordem.

8 – Desvalorizar uma consultoria profissional

É importante saber reconhecer quando você precisa de uma consultoria de um arquiteto ou decorador para ajudar na decoração dos ambientes, afinal de contas, se você não é especialista no assunto não tem a obrigação de saber sobre tantos detalhes.

Se estiver tendo dificuldade na escolha de cores, combinações, disposição de móveis e posição da iluminação, vale a pena contratar um profissional para garantir que o seu lar fique do jeitinho que você deseja, sem ter prejuízo para corrigir o que não ficou como você imaginava.

Tomando estes cuidados será mais fácil decorar seu novo lar deixando os cômodos harmoniosos e confortáveis, como você deseja.

Se estiver procurando por um apartamento que seja flexível aos seu gosto, a Thora Torresani tem o prazer de apresentar uma opção que vai te encantar. No Edifício Costa da Bretanha será ainda mais fácil fazer a decoração perfeita. Entre todos os diferenciais de cada uma das 12 opções de plantas, certamente tem uma que foi feita para você.

Aproveite as vantagens de adquirir um imóvel na planta e de financiá-lo direto com a construtora. Nossa equipe comercial está pronta para atendê-lo.

Comentários

comentários

Tagged: , ,

ENTRE EM CONTATO

O nosso lar traduz quem nós somos. Se você se interessou por um de nossos empreendimentos, preencha o formulário que, em breve, entraremos em contato.

Pin It on Pinterest