Férias inesquecíveis: os 10 melhores destinos do mundo

Se você adora conhecer novos lugares e mergulhar em novas culturas, vai se apaixonar pela nossa seleção de destinos de luxo.

 

10-melhores-destinos-ferias-em-grande-estilo

Quanto mais nos aproximamos do final do ano, mais forte fica a vontade de viajar pelo mundo e mergulhar em diferentes culturas – se bem que, para quem é apaixonado por viagens qualquer temporada é bem vinda, não é mesmo?

Vivemos em um mundo rico em belezas naturais que contrastam com intervenções urbanas igualmente fabulosas. Alguns cenários são um pouco mais tradicionais, outros fogem totalmente do convencional, mas ambos podem proporcionar experiências incríveis.

Se você mal vê a hora de arrumar as malas, porém ainda não sabe para onde ir, confira abaixo a nossa seleção com os melhores destinos do mundo para você passar as suas férias em grande estilo, ou, quem sabe,  visitar ao longo de um período sabático.

 

1. Praga

A capital da República Tcheca é considerada hoje um dos principais destinos do leste europeu. Sua arquitetura medieval prevalece por boa parte da cidade. A Ponte Carlos (Charles Brigde), por exemplo, é um de seus cartões postais e foi construída em 1350 sobre o Rio Vlatva.

A gastronomia tcheca também ganha destaque, sendo reconhecida pelas suas cervejas de alta qualidade, que geralmente acompanham carnes e pratos quentes.

charles-brigde-praga-melhores-destinos-mundo-ferias-luxo-leste-europeu

2. Costa Amalfitana

Na Província de Salerno, na Itália, está a Costa Amalfitana, também conhecida como Costa de Amalfi. Este é um dos destinos preferidos dos casais que estão em lua de mel, afinal, ninguém resiste ao charme das construções coloridas que decoram as encostas. Aproveite para passear de barco e saborear drinks maravilhosos nos bares próximos às praias.

Essa região é tão linda que até serviu de inspiração para um de nossos empreendimentos. Veja 5 passeios imperdíveis na Costa Amalfitana.

costa-amalfitana-melhores-destinos-ferias

3. Costa da Bretanha

Outro destino que também serviu de inspiração para um de nossos empreendimentos é a Costa da Bretanha. Localizada ao sul da França, entre o Canal da Mancha e Oceano Atlântico, a Bretanha é uma das 6 nações celtas. Por aqui você vai encontrar bosques que guardam mistérios, aldeias e cidades medievais, além da maior concentração de faróis do mundo.

Entre as especialidades gastronômicas temos o kig ha farz, que é um cozido de carne de porco e carne bovina com vegetais; o far breton, um pudim doce; as galettes, uma espécice de bolacha recheada com geléia de fruta;  chá de cidra e o chouchem, uma bebida alcoólica elaborada a base de mel.

Conheça o espírito mágico da Costa da Bretanha.

costa-da-bretanha-melhores-destinos-ferias

4. Cidade do Cabo

Ao combinar o turismo ecológico com o agito de uma grande cidade, Cape Town se tornou a queridinha dos mochileiros. Esta é uma das capitais da África do Sul e por aqui encontramos eco-resorts de luxo, trilhas junto à natureza e praias lindíssimas, além, é claro, de uma vida noturna agitada, característica dos grandes centros urbanos. A dinâmica artística e cultural também é bastante forte.

 

viagem-ferias-melhores-destinos-capetown

5. Tel Aviv

Outro destino pouco comum, mas igualmente deslumbrante. A capital de Israel é considerada um dos melhores destinos de praia e do turismo de luxo do mundo, apresentando sofisticados resorts onde são servidas opções da alta gastronomia. Uma cozinha cheia de personalidade e sabor.

 

melhores-destinos-ferias-no-mundo-israel-praia-luxo

6. Portugal

Se o idioma é o um problema, Portugal é a solução. Nos últimos anos, o país tem chamado a atenção de visitantes de todo o mundo, que buscam hotéis e resorts de alto nível. Vale a pena conhecer Algarve, na Costa Alentejana, as praias de Nazaré, assim como as praias do norte e, é claro, as olhadas de Portugal.

melhores-destinos-internacionais-europa-portugal

7. Bangkok

A cidade mais populosa da Tailândia, e também capital, é um lugar de contrastes. Aqui é o principal centro financeiro, empresarial, cultural e histórico do país. Se você pretende expandir seus horizontes, não pode deixar de conhecer os famosos templos, de fazer uma passeio de tuk tuk pela movimentada Chinatown, de andar nos mercados flutuantes e de saborear deliciosos pratos típicos nos restaurantes de luxo, muitos deles com vistas panorâmicas da cidade.

bangkok-melhores-destinos

8. Singapura

Seguindo nosso roteiro de luxo, temos mais um destino asiático. Singapura é um dos principais centros financeiros da Ásia e um dos locais mais procurados para quem é apaixonado por lugares exóticos e diferentes culturas com uma pegada mais urbana.

melhores-destinos-ferias-singapura

9. Barcelona

Se você é apaixonado pelas artes, pelo design e pela arquitetura, a capital catalã é o destino certo para as suas férias. Por aqui há muitos museus e centros culturais, além de excelentes opções gastronômicas.

melhores-destinos-ferias-barcelona

10. São Miguel dos Milagres

Por fim, mas não por último, temos um destino em território nacional: São Miguel dos Milagres, uma pequena cidade localizada no litoral de Alagoas. O cenário é paradisíaco e lembra as praias caribenhas – mas não se engane, as charmosas pousadas que encontramos por aqui não existem em nenhum outro lugar.

Pousada-do-Toque-sao-miguel-dos-milagres-melhores-destinos-ferias

Conhecer novos lugares e novas culturas é a melhor forma de expandir o nosso conhecimento e alimentar a nossa mente. Se você não pode tirar um ano sabático, tente, pelo menos uma vez por ano, ir para algum lugar que nunca esteve antes. Viva. Explore o mundo. Quando estiver de volta, todo o conforto do seu lar estará esperando por você.

 

(Imagens: divulgação)

 

 

Você não vai acreditar! Em NY, uma família construiu uma cabana na cobertura de um prédio!

Há algo encantador nos prédios antigos de Nova York, algo que remete à boemia, como se estivéssemos no filme “Acossado” de Jean-Luc Godard. Foi este espírito de liberdade que inspirou Mary Biosic a se mudar para um estúdio na cobertura de um prédio em Manhattan. Mas não estamos falando de um estúdio qualquer.
Com o telhado em formato de “A”, janelas grandes, varanda e até uma chaminé, o estúdio que possui pouco mais que 100m², se parece com uma casa de campo. Do lado de fora, um pequeno jardim com flores.

cabana-cobertura-nova-iorque

cobertura-predio-cabana-nova-iorque

(Foto: George Steinmetz via Gothamist)

A planta do apartamento também é bastante simples: uma sala de tamanho médio, uma cozinha, um banheiro e, no lugar do quarto, um loft que divide espaço com a sala de estar.

estudio-nova-ioque-inspiracao-decoracao

(Foto: Piotr Redlinski para New York Times)

Mary, que antes morava em Portland, costumava viver com o triplo de espaço. A mudança foi radical, mas, segundo ela, vale “a experiência de Nova York“. De lá ela tem uma vista panorâmica e acompanha do dia a dia de uma das maiores cidades do mundo.

 

cabana-na-cobertura-nova-iorque-inspiracao-estilo-de-vida

(Foto: Piotr Redlinski para New York Times)

Apesar de ter sido entrevistada pelo New York Times, Mary não foi a primeira a morar no estúdio. O local foi construído em pela família da “Tea and Sympathy”, uma loja de chás no térreo do edifício. Nos anos 90, o artista e cineasta Andrew Pope também morou no apartamento.

Quem estiver por Manhattan consegue ver da rua a pequena cabana, um verdadeiro refúgio no meio da cidade grande.

(Referências: New York Times, Apartment Theraphy)

Um encontro com a arte e a arquitetura: Exposição de Gaudí chega à Florianópolis

Depois da exposição de Joan Miró em setembro do ano passado, o Museu de Arte de Santa Catariana fechou uma parceria com o Instituto Tomie Ohtake, trazendo a Florianópolis a exposição “Gaudí, Barcelona 1900”, do arquiteto catalão Antoni Gaudí. A mostra ficará aberta ao público até o dia 30 de outubro e reúne 71 obras do mestre. Completando a exposição, outros 42 trabalhos de artistas e artesãos de Barcelona, também produzidos nos anos 1900.

 

exposicao-gaudi

(Imagem: Leo Cardoso via ClicRBS)

(Imagem: Leo Cardoso via ClicRBS)

 

Floripa é a primeira cidade do Brasil a receber a mostra, que está aberta para visitação de terça a domingo, das 10h às 21h. Os ingressos custam R$10 inteira e R$5 meia entrada, mas nas terças-feiras os ingressos são gratuitos, distribuídos das 9h45 à 20h. Se você planeja ir à Florianópolis nos próximos dias, não pode perder esta grande oportunidade. 😉

 

Em paralelo, um grupo de arquitetos criou um circuito de exposições, intervenções, palestras e debates para refletir sobre o encontro da arte com a arquitetura no contexto local. Entre as ações está a identificação e mapeamento de casas “fantásticas” da ilha; e uma exposição de colagens fotográficas com fragmentos de diversas cidades do mundo. Confira a programação completa no site do evento: “Paralela: Além de Gaudí, aqui“.

 

 

Colagem “Mantra”, de Lucas Reitz. (Imagem: via G1)

(Imagem: Lucas Reitz via G1)

A história do La Jument, o farol francês mais famoso do mundo

O Edifício Costa da Bretanha, empreendimento que lançamos no mês passado, foi inspirado na costa noroeste francesa, onde fica o Mar Iroise e uma série de faróis. Eles foram construídos para guiar os marinheiros pelas ondas gigantescas que ali se formam. O mais famoso deles é o La Jument, construído entre 1904 e 1911 há 2 kilômetros da ilha de Ousseant.

A imagem mais conhecida deste farol foi capturada pelo fotógrafo Jean Guichard em 1989 e registra o exato momento em que uma onda gigantesca o acerta em cheio. Na porta, está o faloeiro Theophile Malgorn que, ao escutar um trovejar seco (o impacto da onda contra a frente do farol), entrou rapidamente. Estava vivo por um milagre. A ação completa durou apenas alguns segundos, o suficiente para Guichard, que estava sobrevoando a área, disparar seguidamente a sua câmera e registrar este incrível momento!

farol-la-jument-costa-da-bretanha-frança

Uma das fotografias mais famosas do La Jument, registrada pelo fotógrafo Jean Guichard, em 1989.

Nove fotografias ficaram impressas no filme e o tornaram Jean Guichard um fotógrafo mundialmente famoso. Em 1990 ele recebeu o segundo lugar no World Press Photo – o primeiro lugar foi para Charles Cole e sua impactante fotografia do manifestante chinês que enfrentou tanques de guerra na praça Tianammen, em Beijing, China, em 1989.

 

Embora o La Jument tenha ficado mundialmente conhecido, Malgorn não ficou muito contente. Dizem que ele ficou muito irritado com aquele momento, pois o colocaram em perigo por um motivo comercial. Ele só abriu a porta para ver o que estava acontecendo pois ouviu o som do helicóptero se aproximando. Mas, pouco tempo depois, o fotógrafo Jean Guichard o visitou e lhe deu de presente uma das fotos do “momento decisivo” autografada. Hoje o La Jument é um farol automático e Theophile trabalha no farol de Creac’h, também em Ouessant.

(Fonte da história: El País)

 

Inspirados por esta história de aventura, lhe convidamos para conhecer um empreendimento sem igual em Joinville – e longe de mares tempestuosos, rs! O Ed. Costa da Bretanha será construído no bairro Saguaçú e possui apenas 8 unidades: 6 apartamentos com 146m² e duas coberturas com 160m² cada. Explore o mundo lá fora, viva experiências incríveis! Quando você voltar para casa, todo o conforto e privacidade que você precisa estarão à sua espera.

Expanda seus horizontes: dicas para aprender idiomas sozinho

Aprender novos idiomas expande horizontes, dissipa fronteiras, lhe dá o mundo de bandeja, e pode ser muito, muito fácil. Espia as nossas dicas para aprender idiomas sozinho, de forma prática e barata, e ganhar o mundo:

 

dicas-aprender-idiomas-thora-torresani-1

Determine metas! Para começar a aprender qualquer idioma sozinho, é importante definir um plano de estudos. (Imagem: Pexels)

 

  1. Determine metas! Para começar a aprender qualquer idioma sozinho, é importante definir um plano de estudos e, mais importante ainda, cumpri-lo. Determine que você estudará 30 minutos todos os dias. 10 pela manhã, 10 pela tarde, 10 pela noite. E que, no final de 1 semana, irá recapitular tudo aquilo que aprendeu. 
  2. Organize seu tempo! Toda hora é hora de aprender um novo idioma.. No trânsito a caminho do trabalho, o café da tarde, a pausa para a soneca. Todos estes são momentos que podem ser melhor aproveitados para aprender italiano, francês, alemão ou o que você tiver vontade. 
  3. Seja disciplinado! É importante manter a rotina de estudos, sempre recapitulando o que foi aprendido, e não pular um dia sequer. Bateu preguiça? Manda ela pra longe e foque na sua meta. Afinal, nada mais motivador do que se imaginar em Paris falando francês fluente, não é não? 
  4. Aprenda e divirta-se! O tédio é um fator que dificulta a aprendizagem, por isso uma sugestão importante é encarar os estudos de forma divertida. Para isso a tecnologia é a nossa aliada! Aplicativos como o Duolingo, que ensina francês, italiano, inglês, alemão e português, ou o Rosetta Stone, que disponibiliza cursos básicos de alemão, tcheco, chinês, coreano, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano, japonês, polonês, russo, sueco e turco, são ótimas formas de manter a monotonia distante. 
  5. Coloque em prática! De nada adianta aprender uma nova língua se não for usá-la. Leia livros nesse idioma, converse com pessoas que falem fluentemente esta língua, viaje! E jamais tenha medo de errar! Erros fazem parte do processo de aprendizagem e não há motivo para se envergonhar.

 

dicas-aprender-idiomas-thora-torresani-3

Coloque em prática o idioma que você está aprendendo: leia livros, veja filmes e viaje! (Imagem: Pexels)

 

E aí, gostou das nossas dicas? Quem sabe esse seja o empurrãozinho que você precisava para conhecer os mais diversos e incríveis lugares deste mundão, como o sul da Itália e o noroeste da França, lugares que de tão, tão fantásticos, inspiraram 2 de nossos empreendimentos imobiliários: o Edifício Costa Amalfitana e o Edifício Costa da Bretanha.

Você em contato com a natureza: Ed. Costa da Bretanha, vizinho da Serra do Mar

O Edifício Costa da Bretanha, em Joinville, possui vista para a Serra do Mar.

De um lado, cafés, restaurantes, lojas. De outro, uma vista exclusiva da verde e bela Serra do Mar. O Edifício Costa da Bretanha tem uma localização privilegiada e todos os seus 8 apartamentos foram pensados para ressaltar ao máximo isso!

 

O Edifício Costa da Bretanha, em Joinville, possui vista para a Serra do Mar.

O Edifício Costa da Bretanha, em Joinville, possui vista para a Serra do Mar.

 

Localizado no nobre bairro Saguaçu, mais precisamente na Rua Adoniran Barbosa, no 260, em Joinville, o Costa da Bretanha, o mais novo lançamento da Thora Torresani, possui uma vizinhança sossegada e cômoda, perto de tudo que você precisa. E se o que você precisa também é entrar em contato com a natureza através de uma paisagem relaxante, saiba que o residencial foi projetado para que os moradores desfrutem de uma vista singular da Serra do Mar.

 

thora-torresani-costa-da-bretanha-localizacao-saguaçu

No mapa: a localização do Ed. Costa da Bretanha, novo empreendimento da Thora Torresani no bairro Saguaçu.

 

A Serra do Mar atravessa o Caminho dos Príncipes e, além de encantar pela beleza única, oferece emoção e lazer. É em Rio Negrinho, nas proximidades de Joinville, por exemplo, que você pode embarcar em um trem a vapor e percorrer 45km Serra abaixo, passando por pontes, túneis e rios.

 

Outra opção de ecoturismo para realizar na região é seguir a Rota das Cachoeiras, englobada pela Reserva do Patrimônio Natural Emílio Fiorentino Battistela, e vislumbrar o show de nada mais nada menos que 14 quedas d’água!

thora-torresani-costa-da-bretanha-joinville-serra-do-mar-passeio-de-trem

Em Rio Negrinho é possível fazer um passeio de trem à vapor pela Serra do Mar.

 

De tirar o fôlego, com certeza, além dos apartamentos, com 146m2 privativos e 3 suítes, e as coberturas, com 153m2 privativos e 2 suítes, o espaço gourmet previsto em cada uma das unidades, o salão de festas, hall de entrada decorado, garagens e depósitos, a paisagem exclusiva e natural da Serra do Mar torna o Costa da Bretanha um empreendimento ainda mais diferenciado.

 

Para mais informações, veja o nosso catálogo virtual e entre em contato.

Edifício Costa da Bretanha, seu porto seguro em Joinville.

Edifício Costa da Bretanha, seu porto seguro em Joinville.

Lugares que inspiram: as cidades medievais e o espírito mágico da Bretanha

A Thora Torresani está se preparando para lançar seu segundo empreendimento em Joinville: o Edifício Costa da Bretanha, inspirado pela força da natureza e pela beleza dos faróis do noroeste francês.
Esta jornada começa no bairro Saguaçu, com vista para a serra e 149m² de área privativa por apartamento. Mas antes de entrarmos em mais detalhes sobre o empreendimento, vamos lhe contar um pouco mais sobre a região na qual ele se refere.

 

 

Reconhecida por suas lendas e herança histórica, a Bretanha é uma das 6 nações celtas, entre Canal da Mancha e o Oceano Atlântico. Há quem a divida entre “Bretanha Verde” e “Bretanha Azul“. A primeira é a do interior, a Bretanha do coração. Aqui temos bosques que guardam mistérios, aldeias e cidades medievais, como a capital Rennes, que não perderam sua identidade ancestral.

 

Uma foto publicada por Rennes à coup de coeur (@rennesacoupdecoeur) em

Uma foto publicada por Rennes à coup de coeur (@rennesacoupdecoeur) em

 

A segunda é a Bretanha do mar, inspiração para os artistas. Seus pontos mais visitados são a Costa da Esmeralda, a Costa Selvagem e a Costa Granito Rosa, também conhecida como Costa das Lendas.

E por falar em lendas, o Museu das Artes em Pont-Aven é o local perfeito para contemplar obras de pintores que buscaram imortalizar o espírito mágico da região.

 

Uma foto publicada por l.tran (@saint_schiaperell) em

 

Se você planeja visitar a Europa durante o verão, este é um passeio delicioso para se fazer de carro, contornando as praias bretãs e visitando as simpáticas cidadezinhas compostas por pequenas casas de pedra. Há também edificações maiores, como a fortaleza de Saint-Malo, que era um ponto de defesa contra os ataques vindos do mar, principalmente da Inglaterra.

 

Uma foto publicada por Stephen Taylor (@sftphotography) em

Uma foto publicada por Allen Fang (@fckallen) em

 

O mar da Costa da Bretanha é peculiarmente belo: suas águas são verdes, apesar de frias para os nossos padrões brasileiros. Muitas delas não contam com nenhum tipo de vendedor ou quiosque, portanto, leve a sua própria comida. Isso, na verdade, não chega a ser um problema, pois você pode parar em qualquer mercearia francesa e encontrar ótimas opções de frutas e sucos, pães, queijos e patês incríveis!

 

Uma foto publicada por marine1679 (@marine1679) em

Como já dissemos, a Bretanha é marcada pelas suas tradições. A culinária, portanto, não poderia ficar de fora. Entre as especialidades estão as galettes (uma espécie de bolacha recheada com geléia de fruta), chá de cidra, chouchem (uma bebida alcoólica feita a base de mel), mariscos, kig ha farz (um cozido de carne de porco e bovina com vegetais), far breton (um pudim doce) e o requisitado bolo kouign-aman.

 

Uma foto publicada por 🍋 Natalie (@nat_and_cake) em

 

Todas estas particularidades fazem da Costa da Bretanha um destino especial, embora não muito popular entre os brasileiros.

Eles abandonaram tudo para viajar de barco pelo mundo

Sarah Moreira (33) e Renato Matiolli (37) se conheceram em Ipanema, no Rio de Janeiro, onde moraram boa parte dos quarto anos em que estão juntos. Cansados do ritmo louco de trabalho e do alto custo de vida na Cidade Maravilhosa, o casal decidiu largar tudo e viver um sonho: velejar pelo mundo, fugir da rotina e conhecer lugares e pessoas incríveis.

Renato e Sarah largaram tudo para viajar pelo mundo de barco

 

Depois de muita pesquisa e preparação, compraram um barco na Croácia e embarcaram numa nova aventura na companhia do Feijão, o bull terrier mascote da dupla. O barco, batizado de Ipanema, é um Lagoon Catamaran de 4 suítes equipado com painéis soladres, dessalinizador de água, bateriais, gerador, inversor e outros apetrechos que evitam o caro custo das marinas e oferecem todos os recursos necessários para viver em alto mar.

 

 

Com o tempo, descobriram que muitas outras pessoas já fizeram o mesmo e, inclusive, conseguem se sustentar hospedando pessoas ou dando aula de mergulho e esportes aquáticos.

O plano do casal é viajar pelo Mediterrâneo e atravessar o Atlântico Norte rumo ao Caribe, onde devem ficar por oito meses. De lá, a meta é ir em direção ao Pacífico e seus paraísos, como Galápagos, Polinésia Francesa, Fiji, Indonésia e Maldivas.

Impossível não se inspirar pela história deste casal e não querer fazer o mesmo. Viaje pelo mundo, viva o seu presente. Quando você voltar para casa, pode contar com nossos empreendimentos como “refúgio”.
(Fonte das informações e imagens: ZH)

5 passeios imperdíveis na Costa Amalfitana

Ah, o sul da Itália! Um dos destinos mais românticos e deslumbrantes de toda a Europa. Se você está pensando em visitar o solo italiano, não pode deixar de conhecer a Costa Amalfitana, que inspirou nosso primeiro empreendimento em Joinville. Ao longo deste post faremos 5 paradas em 5 locais imperdíveis, que poderão servir como guia para sua viagem. Preparadx? Então vamos lá!

Uma foto publicada por 👻 snap: helorighetto (@helorighetto) em

 

Em Amalfi não encontramos longas faixas de areia, mas sim pequenas praias entre paredes rochosas, escadarias e várias trilhas ao longo da Costa. As praias de Marina del Cantone, em Nerano, são as primeiras do mapa, com águas cristalinas e frescas.

Nesta mesma baía temos uma trilha de 15 minutos que nos leva à Recommone, nossa segunda parada, onde encontramos duas grutas: a Gruta de Recommone e a Gruta dos Pescadores.

Uma foto publicada por 👻 snap: helorighetto (@helorighetto) em

 

Nossa terceira parada é em Positano, onde temos a badalada praia Marina Grande. Mas, se você não gosta de agito, pode curtir as praias Fornillo, Laurito e Arienzo, mais sossegadas e igualmente lindas. É nesta região onde encontramos as famosas imagens dos cartões postais. 😉

Uma foto publicada por Martin (@mdesc) em

 

Uma foto publicada por Aprendiz De Viajante (@aprendizdeviajante_) em

 

Mais ao Centro da Costa Amalftiana temos Praiano, com as únicas praias que ficam iluminadas pelo sol até o final da tarde; e Fiorde de Furore, onde todos os anos, no primeiro domingo de julho, acontece uma competição de saltos na água.

Uma foto publicada por Michelle 💗🌍 (@michellelouise90) em


Por mim, ao sul de Amalfi, encontramos La Crespella, uma praia com uma torre do século XVI de frente para as rochas Due Fratelli. A região é bastante tranquila, ótima para quem tem crianças.

Uma foto publicada por Sharon🌹 (@_sharon_x_marino_) em

 

Se você ficou com vontade de conhecer este lugar incrível, aí vão quatro dicas importantes:

  1. Em algumas praias da Costa da Amalfitana é preciso pagar para você estender a sua toalha. Em Positano, por exemplo, paga-se 15 euros por pessoa para ficar o dia inteiro. O bom é que eles aceitam cartão de crédito!

 

  1. De barco, carro ou transporte público, a região é fácil de se movimentar, mas nós indicamos que você defina bem seu roteiro antes de iniciar sua viagem, incluindo tantos outros lugares incríveis que existem por lá além destes que apresentamos aqui.
  1. A melhor época para visitar o sul da Itália é de março a outubro, que é quando tempos o verão e as temperaturas mais amenas da primavera e outono.

 

  1. E não deixe, é claro, de conhecer nosso empreendimento, que é um pedacinho da Itália em pleno Saguaçu
Residencial Costa Amalftiana, no bairro Saguaçu, em Joinville.

Residencial Costa Amalftiana, no bairro Saguaçu, em Joinville.

ENTRE EM CONTATO

O nosso lar traduz quem nós somos. Se você se interessou por um de nossos empreendimentos, preencha o formulário que, em breve, entraremos em contato.

Pin It on Pinterest