Qual o melhor bairro para morar em Joinville? 6 pontos para você analisar.

A vida é repleta de ciclos e mudanças. A cada nova fase, novas necessidades vão surgindo e com elas novas rotinas, novas prioridades. Não é por menos que, com o passar do tempo, muita gente decide trocar de casa, buscando por mais espaço, mais tranquilidade, buscando por um refúgio sem abrir mão das praticidades de viver numa cidade.

 

A busca por um novo lar requer um bom tempo de planejamento e pesquisa. Para te ajudar nesta tarefa, listamos 5 pontos para você analisar e descobrir qual é o melhor bairro para você morar. Confira:

 

  1. Quanto tempo levo para me deslocar? Que distâncias serão percorridas?

Uma boa localização é fundamental para uma rotina menos estressante. Se você morar longe do trabalho, por exemplo, pode acabar perdendo muito tempo no trânsito e cedo ou tarde a paciência se esgota. Por isso, liste os principais percursos que você e a sua família realizam no dia a dia e faça um comparativo entre o imóvel dos seus sonhos e as distâncias percorridas. Considere também as áreas de lazer nas proximidades, afinal, vocês vão querer relaxar nos finais de semana.

 

  1. Que recursos encontro neste bairro?

Outro ponto aliado à boa localização são os recursos de cada bairro. De nada adianta morar numa região pacata se você não pode contar com farmácias ou hospitais próximos para casos de emergência, por exemplo. Da mesma forma, supermercados, bancos, restaurantes, cafés, lojas, creches e escolas são um grande atrativo, dependendo das suas necessidades.

 

  1. Como é o trânsito na região? Quais são as opções de transporte?

Além de calcular o tempo de deslocamento, observe a interferência sonora do trânsito, o índice de congestionamentos e de acidentes. Se você tem crianças pequenas em casa, ou busca por sossego, vai preferir um bairro com pouca movimentação.

 

É bom checar também as linhas de transporte público mesmo quando se tem um carro. Nunca se sabe o que pode acontecer no futuro, não é mesmo?

 

  1. Calmaria ou agito?

Se você tem um estilo de vida agitado, gosta de frequentar bares e lugares movimentados, um bairro mais urbano com várias opções de lazer e diversão é o ideal. Mas, se você tem um estilo de vida calmo, bairros mais residenciais com uma vizinhança tranquila são perfeitos.

 

  1. A região é segura?

Para descobrir o quanto um bairro é seguro, busque notícias sobre ele e informe-se se há algum tipo de patrulhamento ou vigília. Priorize também a segurança oferecida pelo próprio imóvel que você pretende morar.

 

  1. Como o bairro se comporta durante a noite?

Este é um ponto que muitas vezes passa batido. Para saber se um bairro é realmente seguro, avalie como é o movimento durante a noite. Há locais que se transformam totalmente: durante o dia são movimentados, durante a noite desertos. Outros o contrário. Para evitar surpresas, recomendamos que você visita a região escolhida em horários diferentes, observando como o bairro se comporta.

como-escolher-melhor-bairro-para-morar-joinville

 

Agora que você já sabe como escolher o bairro perfeito,  recomendamos que você leia o Joinville Bairro a Bairro, um relatório divulgado pela Prefeitura Municipal de Joinville, que traz um comparativo entre os bairros da cidade.

 

O Saguaçu foi o bairro escolhido para abrigar os empreendimentos da Thora Torresani, sabe por quê? Além da ótima localização (há apenas 2km do Centro), ele possui uma infraestrutura completa, incluindo áreas públicas de lazer como o Parque Municipal Zoobotânico e o Mirante do Morro da Boa Vista.

 

Aliás, já pensou em passar um dia no Saguaçu para ter uma ideia de como é morar por lá? Neste post trouxemos algumas dicas do que fazer neste nobre bairro de Joinville. Depois de visitá-lo, venha conhecer nosso escritório e os nossos empreendimentos. Ligue para (47) 3481-5555 e agende um café com nossos consultores.

 

(Imagens: Pexels)

Faça você mesmo: jardim vertical para apartamentos e coberturas

Joinville é a Cidade das Flores – tanto é que, anualmente, vários moradores participam do Concurso de Jardins, marco inicial da Festa das Flores em novembro. Por enquanto a competição avalia somente jardins de casas, mas nós achamos que eles também deveriam avaliar jardins de apartamentos e coberturas. 😉  Para quem mora nestes espaços e gosta de cultivar plantas, os jardins verticais são a opção perfeita! Neles você pode cultivar flores, ervas e até mesmo verduras; tudo o que você precisa é de uma parede com boa luminosidade e ventilação.
Encontramos no blog da revista Casa Claudia um passo a passo para você mesmo fazer o seu – além de inspirações incríveis no Pinterest, cuidadosamente selecionada. Algumas ideias são tão simples (como o porta-sapatos adaptado), que você não vai acreditar!

 

jardins-verticais-apartamentos-coberturas-ideias-inspiracao

(Imagem: M Pression)

 

(Imagem: M Pression)

(Imagem: M Pression)

 

(Imagem: Casa Claudia)

(Imagem: Casa Claudia)

 

(Imagem: Glamour)

(Imagem: Glamour)

 

(Imagem: Paradis Express)

(Imagem: Paradis Express)

 

(Imagem: Casa de Valentina)

(Imagem: Casa de Valentina)

 

(Imagem: Patrick Blanc)

(Imagem: Patrick Blanc)

 

Nós adoramos os jardins verticais porque eles trazem mais vida a qualquer ambiente e são muito mais práticos do que um jardim convencional. Quem pensa que não dá para ter um verdadeiro oásis num apartamento está muitíssimo enganado! Já imaginou ter um jardim como este na sua varanda ou na área externa da cobertura?  😉

Faça você mesmo: Árvore floral de Natal

Faltam 2 meses para o Natal (sim, 2016 passou voando!) e, como bons aventureiros, nós gostamos de fugir do óbvio! É por isso que hoje trouxemos este tutorial encontrado no blog Design Love Fest: uma árvore de Natal tropical decorada com flores.

O passo a passo, na verdade, é muito simples: monte a sua árvore de natal e prenda flores ao redor com a ajuda de uma fita adesiva ou arame para bijuterias. Se a sua árvore for natural, tome cuidado para não machucar a planta.

Na hora de escolher as flores prefira os modelos de plástico, que duram mais e podem ser reaproveitadas no próximo ano -inclusive em outras ocasiões. A dica de ouro é harmonizar os tons para que a composição não fique sobrecarregada.

Viu como é fácil?

Aproveite este fim de ano para conhecer nosso novo empreendimento no Saguaçu. Vai que você começa 2017 de apartamento novo? 😉

Simples e luxosa: a tendência “neo tradicional” na decoração

O ditado “menos é mais” pode ser antigo, mas a tendência neo tradicional, que segue estas premissas, está conquistando cada vez mais adeptos no mundo do design. Combinando elementos clássicos com pitadas contemporâneas, este estilo é atemporal, convidativo e muito aconchegante.

 

Aqui, o chão de madeira encontra o mármore, as plantas disputam atenção com detalhes em metal e utensílios do dia a dia se transformam em objetos de desejo, como se revelassem segredos sobre os moradores. Tudo conta uma história, uma história que é escrita e vivida no presente.

 

Para você se inspirar na decoração do seu apartamento, trouxemos algumas ideias encontradas pela nossa equipe no blog “Apartment Therapy”, um dos melhores do gênero no mundo. Desfrute!

 

(Imagem: Apartment Therapy)

 

(Imagem: Apartment Therapy)

 

(Imagem: Apartment Therapy)

(Imagem: Apartment Therapy)

(Imagem: Apartment Therapy)

 

(Imagem: Apartment Therapy)

 

(Imagem: Apartment Therapy)

9 árvores frutíferas para ter no seu apartamento: um guia rápido sobre como cultivá-las

A vantagem de ter uma sacada ampla e uma boa área externa (no caso das coberturas) é que você pode transformar estes espaços em pequenos refúgios no meio da cidade. Um lugar só seu, para relaxar enquanto se lê um livro ou cuida das plantas.

Nós já fizemos um post com 10 coberturas e varandas encantadoras. Acabou fazendo tanto sucesso, que trouxemos mais ideias para você aproveitar este espaço, desta vez com 9  árvores frutíferas que podem ser cultivadas em vasos. Se você conseguir mudas de 1,5m e fizer a adubação correta, em um ano já poderá colher os frutos.

 

arvores-frutiferas-apartamentos-cobertura-laranjeira-laranja

 

As espécies mais comuns são jabuticaba, romã, acerola e pitanga, mas você também pode cultivar pêssego, amora, cereja do Rio Grande, laranja e até mesmo limão siciliano. Já, já vamos explicar como cuidar de cada uma delas. Antes disso, leia atentamente as dicas abaixo:

  • As árvores frutíferas precisam receber pelo menos 4 horas de sol por dia.

 

  • As goiabeiras e as amoreiras precisam de ainda mais sol, por isso são perfeitas para quem mora em coberturas.

 

  • Você deve adubar as árvores a cada três meses com um adubo chamado NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) na proporção 4:14:8. Se você prefere versões naturais, pode optar por fertilizantes orgânicos e feitos em casa. Uma caixa de compostagem também é bem vinda!

 

  • Se você regar demais a planta ou se ela não pegar sol suficiente, fungos podem aparecer. Para evitar pragas você pode aplicar fumo de rolo a cada 15 dias. Não use defensivos químicos, senão as frutas não poderão ser consumidas depois! As espécies cítricas são as mais propensas a desenvolver pragas.

 

  • Para adequar a árvore ao espaço você precisará podá-la. Tire os gatilhos que estiverem batendo nas paredes com uma tesourinha bem afiada, sempre na diagonal. 3 meses antes da árvore dar frutos suspenda as podas, do contrário ela não irá frutificar.  De tempos em tempos, tire os galhos e folhas secas.

 

  • O tamanho do vaso deve ser proporcional ao tamanho da muda, contendo entre 60 a 70cm de diâmetro.

 

  • É provável que as suas árvores chamem a atenção de outros moradores da vizinhança, principalmente de pássaros e morcegos. Se você não quer que eles entrem dentro do seu apartamento proteja a varanda com uma tela.

 

  • No blog Pensamento Verde encontramos um passo a passo sobre o plantio de uma árvore frutífera em vaso, com uma lista de materiais e cada etapa do processo.

 

  • Pesquise, pesquise e pesquise! Cada espécie se comporta de forma diferente ao longo do ano e de uma região para a outra. Por isso, procure mais informações em livros, revistas e blogs especializados. Vale também conversar com profissionais da área. 😉

 

comer-fruta-do-pe-apartamento-arvore-frutiferas-joinville

 

Agora que você já sabe o básico sobre como cultivar uma árvore frutífera em apartamentos, vamos aos essenciais das espécies que citamos no início do post:

 

Jabuticabeira: gosta de bastante luz, pouco vento e precisa ser regada todos os dias.

 

Romãzeira: precisa de bastante luz e pode ser regada duas ou três vezes por semana. É preciso que a terra seque bem entre uma rega e outra. Quando o tempo estiver seco (o que definitivamente não é um problema em Joinville, rs!), regue diariamente.

 

Aceroleira: apesar de gostar de muito sol, o pé de acerola não gosta de muita água. Molhe duas vezes por semana.

 

Pitangueira: gosta de terra bem úmida, portanto regue todos os dias. Gosta de sol e de pouco vento.

 

Pessegueiro: embora precise de regas constantes, o pessegueiro não gosta de solo encharcado. Regue 3 vezes por semana e mantenha-o em local ensolarado.

 

Amoreira:  ela não precisa de sol direto e o dia todo, mas seus galhos vão crescer em direção à luz solar. Molhe somente quando perceber que a terra está seca.

 

Cerejeira do Rio Grande: este tipo de cerejeira gosta de pelo menos 6 horas de sol por dia e deve ser plantada num vaso fundo, pois suas raízes são profundas. É uma ótima planta para regiões frias como SC.

 

Laranjeira: Gosta de muito sol, pelo menos 6 horas diárias. Regue 2 vezes por semana nas épocas mais secas do ano e apenas 1 vez por semana em tempos de chuva.

 

Limoeiro siciliano: requer algumas horas de sol e pouca umidade. Regue de 2 a 3 vezes por semana.

 

arvore-frutifera-apartamento-como-cultivar-roma

 

Pronto, agora é só escolher um “spot” e colocar a mão na massa, ou melhor, na terra! Não se esqueça de contar nos comentários como foi a experiência.
Se você está procurando por um apartamento com uma varanda grande ou uma cobertura ampla, você precisa conhecer os nossos empreendimentos! As coberturas do Ed. Costa da Bretanha, por exemplo, possuem 160m². Entre em contato e aproveite a sua nova casa.

 

(Imagens: Pexels)

Espaço Gourmet: motivos para ter um ambiente como este na sua vida

Não há nada como reunir família e bons amigos para celebrar aniversários, conquistas profissionais e pessoais, ou para, simplesmente, matar a saudade e jogar conversa fora. Bom, pensando bem, há! O que já era bom fica ainda melhor com os espaços gourmet, ambientes íntimos e aconchegantes que possibilitam quitutes recém-saídos do forno preparados com todo o amor do mundo pelo anfitrião.

 

Imagem via Eu Amo Decoração

Imagem via Eu Amo Decoração

 

É por incentivar a união entre pessoas e tornar os aniversários, almoços de domingo ou jantas em meio à semana ainda mais especiais, que os espaços gourmet hoje são pré-requisito para quem busca um novo lar. Diferentemente de uma cozinha tradicional, separada dos outros ambientes do apartamento, o ambiente é a forma perfeita para quem quer colocar os dotes culinários em prática e interagir com os convidados, tudo ao mesmo tempo, de forma prática e sem dor de cabeça.

O Edifício Costa da Bretanha, o mais novo empreendimento imobiliário da Thora Torresani em Joinville, já prevê este espaço, com churrasqueira integrada, no projeto de cada um de seus 8 apartamentos. São 9,5 m2 acoplados aos 46m² de área social para você decorar ao seu estilo, equipar com eletrodomésticos modernos e móveis charmosos, colocar a mão na massa e receber o título de melhor anfitrião entre seus familiares e amigos!

 

Espaço gourmet acoplado à área social dos apartamentos do Edifício Costa da Bretanha, novo emprendimento da Thora Torresani, em Joinville.

Espaço gourmet acoplado à área social dos apartamentos do Edifício Costa da Bretanha, novo emprendimento da Thora Torresani, em Joinville.

 

espaço-gourmet-apartamento-costa-da-bretanha-joinville-thora-torresani-decoração-colorida

Imagem via Tua Casa

 

Se, mesmo depois de dito tudo isso, você ainda não se convenceu da versatilidade e imprescindibilidade de ter este cantinho na sua vida, vale ler a nossa lista bem objetiva e pontual de 3 motivos pelos quais este espaço não pode faltar no seu novo lar e logo se tornará indispensável na sua vida.

  1. Promove a união: Quando não se tem um espaço desses em casa, um grande problema é ficar trancafiado na cozinha preparando tudo enquanto toda a diversão acontece na sala, não é? Com o espaço gourmet você prepara a refeição e os drinks ao mesmo tempo em que participa da festa.
  2. Adeus preguiça, olá lazer: Se antes tudo era desculpa para adiar um encontro entre as pessoas queridas, como o trabalho e o tempo gasto para reorganizar a casa após o evento, agora não há mais justificativa. O espaço gourmet, equipado da forma correta, é prático e versátil, permitindo que tudo fique à mão e seja preparado de forma rápida e simples e, claro, reorganizado agilmente.
  3. Recebe bem seus convidados: Melhor que sair para jantar com os amigos, é recebê-los em casa, em um espaço íntimo e acolhedor, com comidinhas preparadas pelas suas próprias mãos e temperadas com muito amor e carinho, não é mesmo? O espaço gourmet com certeza é o que faltava para você se tornar aquele anfitrião que sempre quis ser!

Preparado para dar festas inesquecíveis no seu novo lar? Saiba mais sobre o espaço gourmet do Ed. Costa da Bretanha e fique por dentro de dicas de como decorar o seu cantinho da melhor forma, fazendo o download do nosso e-book recheado de informações e sugestões de profissionais da área sobre o ambiente mais desejado do momento.

Você também pode entrar em contato para agendar uma visita na obra e conhecer o Costa da Bretanha ou outro de nossos empreendimentos de perto.

ENTRE EM CONTATO

O nosso lar traduz quem nós somos. Se você se interessou por um de nossos empreendimentos, preencha o formulário que, em breve, entraremos em contato.

Pin It on Pinterest