Valor máximo para compra de imóveis com FGTS aumenta

Quem está pensando em financiar um apartamento novo com recursos do FGTS ganhou um incentivo. O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou na semana passada (24/nov) o valor máximo dos empreendimentos que podem ser financiados pelo SFH (Sistema Financeiro da Habitação). Comparado com outros tipos de financiamento do mercado, o SFH cobra juros menores.

 

A mudança, de R$650mil para R$800mil, aconteceu na maior parte do país, inclusive em Santa Catarina. Estes limites não eram alterados desde 2013. De acordo com o Banco Central, em uma matéria publicada pelo G1, o limite do financiamento não poderá ser superior a 80% do valor do imóvel. Para financiamentos que utilizam o Sistema de Amortização Constante (SAC), este percentual pode atingir até 90%.

Alé de ampliar os limites de financiamento, o CMN determinou que todos os novos contratos do SFH devem conter algum grau de amortização em todas as parcelas, portanto, está vedada a “amortização negativa“. Segundo o Banco Central, a amortização do saldo devedor terá que ser feita mensalmente – e não apenas o pagamento de juros, o que, dependendo do contrato, poderia resultar num aumento do valor das parcelas. A Tabela Price será o sistema mais afetado por esta nova medida, que irá diminuir os riscos de financiamento tanto para os bancos quanto para os clientes.

A nova regra valerá a partir de 2017, mas as operações aprovadas até 31 de janeiro do ano que vem poderão ser finalizadas até 31 de março do próximo ano sem a obrigatoriedade das amortizações. Leia a matéria completa.

ENTRE EM CONTATO

O nosso lar traduz quem nós somos. Se você se interessou por um de nossos empreendimentos, preencha o formulário que, em breve, entraremos em contato.

Top

Pin It on Pinterest